Página: Home Hist. Encrenca
Curió Encrenca Velho

O curió que mais tarde iria denominar-se ENCRENCA VELHO, Nasceu em Joinvile-SC, na temporada 95/96, filho do Bugrinho Velho e Asinha e foi registrado com o anel n º 25-3-7305  95/96, o seu criador o repassou para um amigo da cidade de Camboriú-SC, o qual adoentou-se e hospitalizado, resolveu dispôr do pássaro; dois criadores disputaram a aquisição, gerando um conflito entre ambos, por este fato, o novo criador colocou  o nome a esta maravilhosa  ave de ENCRENCA, não sabendo que seria um dos maiores raçadores, deixando um legado muito grande por este país a fora.

 

O curió ENCRENCA VELHO ficou muitos anos em um criatório em Itajaí-SC, onde foi criado o Pavarotti, muito conhecido no Centro Oeste, sendo este Tetra Campeão Mato-grossense e Vice-Campeão  Brasileiro em 2004.

Em 2004 o ENCRENCA VELHO foi repassado para Júnior, criador da cidade de Cascavel-PR, Juntamente com uma fêmea muito famosa chamada ANA CLEIA anilha filha 25-3-5743 94/95, do Caiçarinho e Samanta. ANA CLEIA Quando cruzada ENCRENCA VELHO dava uma origem muito bons filhotes, por exemplo: O Encrenca Filho adquirido pelo Junior ainda pardo em 1998, posteriormente repassado para o Aparecido Gilson Gardenal da cidade de Cascavel-PR.

O Júnior ficou com o ENCRENCA VELHO uma temporada de 2004/2005, reproduzindo  com várias fêmeas de seu plantel.

No início da temporada 2005/2006 o ENCRENCA VELHO e ANA CLEIA foi repassado para o criador Aparecido Gilson Gardenal de Cascavel-PR, ficando em seu plantel reproduzindo três temporadas e transmitindo sua excelente genética.

No dia 06 de abril de 2008, quando já era noite, José Carlos Salamoni (Barra do Garças-MT) recebe um telefonema,  era  Gilson, comunicando o falecimento do ENCRENCA VELHO, foi um episódio marcante pela grande tristeza, pois morreu um dos maiores raçadores  de fibra deste país, foi um momento muito difícil para todos  os que conheciam  esta bela ave.

Os últimos momentos da sua vida, foi filmado e está em um DVD da criação do Gilson. Deixou no criatório do Gilson filhos e filhas, que são responsáveis pela continuação do seu legado.

Felizes aqueles que conseguem deixar grande legado como o ENCRENCA VELHO, inúmeros filhos, filhas, netos e netas espalhados por todo o Brasil, especialmente no Mato Grosso, onde os criadores e mantenedores genética acreditaram nesta.

Um desses criadores de Mato Grosso, aficcionados por esta genética, é o Sr. Adevalso Castilho da cidade de Rondonópolis - Mato Grosso, possuidor de exemplares direto do ENCRENCA VELHO, Encrenca FILHO, F II , MASSARANDUBA, BUGRINHO FILHO, ELDORADO e excelentes fêmeas com genética de qualidade como POMBINHA II, MASSARANDUBA, ENCRENCA VELHO, F II, VERONA, MALÚ 103, TULIPA, AMERICA, ANA LÚ e muito mais, tendo filhotes que já demonstram sua qualidade.

Desempenho dos ENCRENCA no Centro Oeste:

Falar em curió de fibra, que é a paixão dos criadores do Brasil central, precisamos passar pelo  ENCRENCA VELHO.

Nos últimos oito anos o Campeonato Mato-grossense foi vencido por seus filhos ou netos como segue:

 

CURIÓ  --   MODALIDADE FIBRA

Ano

Nome do Pássaro

Parentesco

2001

2002

2003

2004

Pavarotti

Filho

2005

Peneirinha

Neto

2006

Simião

Neto

2007

2008

Guarda Belo

Neto

 

Não podíamos deixar de mencionar o curió JURUBEBA do Criador Luciano Marcelo Betini de Rondonópolis - Mato Grosso, campeão brasileiro 2007 pela COBRAP, filho do Massaranduba, que é  irmão do ENCRENCA VELHO, uma ave maravilhosa que dá muita alegria ao seu criador.

Acredito que os criadores tem compromisso com a manutenção e preservação deste legado genético, pois temos o conhecimento deste valor, enquanto algo que diverte, emociona e dá prazer.

 

Fonte: Aparecido Gilson Gardenal - Cascavel - PR.